sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Exército israelense divulga que a cada 15 dias um soldado se suicida

Via Opera Mundi

Agência Efe | Jerusalém

 

Dados foram revelados depois que um blogueiro denunciou uma divergência entre números divulgados e relatórios

A cada 15 dias um soldado israelense se suicida em média, segundo dados divulgados pelas Forças de Defesa do país, devido as denúncias de um blogueiro anônimo que haviam sido censuradas, informa nesta quinta-feira (27/12) a imprensa local.

Os dados, referentes aos últimos 10 anos, mostraram que 237 israelenses tiraram a vida durante o serviço militar obrigatório ou a carreira profissional no Exército.

A taxa média de suicídios foi diminuindo das 39 anuais, entre 1991 e 1993, para 33 entre 2000 e 2002, para ficar em 23, entre 2009 e 2011. O Exército atribui a queda a uma maior ajuda psicológica e a uma política mais restritiva de acesso às armas para soldados fora do serviço.

Os dados foram revelados depois que um blogueiro, identificado apenas como Ishton, denunciou uma divergência entre o número de baixas que se faz pública a cada ano e o relatório mais detalhado que oferecia o Ministério da Defesa em um site.

Ishton foi convocado para uma reunião com investigadores militares e ameaçado. A imprensa foi proibida de publicar o material, segundo diversas denúncias na Internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.