sexta-feira, 29 de julho de 2011

Direito de contestação de Jorge Zuchowski sobre a prisão de Bacuri

GilsonSampaio

Eduardo Leite Bacuri; a mais longa tortura da ditadura, publicado no Vermelho e sanguessugado para este blog, recebeu o pedido abaixo. Ao contrário da mídia venal e observando o direito do contraditório, atendo democraticamente a sollicitação .

Solicito desmentir que eu fui um traidor do Bacuri. Nem sequer o conheci. Sou vitima também da ditadura, fui preso político e atingido por Ato Institucional em julho de 1964. Apesar de solidário com o Bacuri, vou processar a autora Vanessa Gonçalves pela calúnia com que me atinge e a revista Istoé pela divulgação dessa mentira terrível que grandes danos está me causando”.

Jorge Zuchowski CPF 058865030-72 Fone: (48) 3024.3302 8433.2972

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.